Quarta, 28 Janeiro 2015 19:19

Vale a pena usar papéis de parede?

Vale a pena usar papéis de parede?

Os papeis de parede são ótimas opções de decoração para quem quer mudar rapidamente um ambiente, sem fazer muita sujeira. Acompanhando a inovação e tecnologia, existem modelos dos mais variados tipos: tridimensionais, geométricos, floridos ou coloridos.  

Você sabia?

Embora seja uma novidade recente na decoração, o papel de parede surgiu na China, por volta de 200 anos antes de Cristo. Os primeiros foram desenvolvidos com papel de arroz, totalmente brancos.

Por volta deste mesmo período, o papel de arroz deu espaço ao pergaminho, que ganhou cores, formas e desenhos. No entanto, eles eram pequenos, nada como os rolos que são encontrados no mercado atualmente.  

Pulando alguns anos, o papel de parede chegou ao Brasil por volta do século XIX, sob influência da imigração europeia. Entretanto, só na década de 60, após a modernização da indústria brasileira é que esse artigo de decoração se popularizou e passou a integrar os revestimentos de paredes.

Outros segredos são elementos fundamentais na hora de manusear um papel de parede. Vamos conferir: 

  • Se possível, pegue com a loja uma pequena amostra para ver se a estampa do papel vai ornar com a decoração do espaço
  • Afasta-se de paredes próximas a lareiras ou fogões. O material do papel de parede é inflamável
  • As emendas podem aparecer em papéis muito grossos. Escolha os de gramatura menor
  • Os papéis de paredes estampados são os mais propícios ao desperdício. Sempre é preciso comprar rolos a mais para poder casar as estampas

Truques de aplicação

Antes de aplicar o papel de parede é preciso tomar alguns cuidados essenciais para garantir um bom resultado final. Paredes irregulares, esburacadas, com infiltrações ou descascadas atrapalham o acabamento. Confira outras dicas:

1# Preparação

Antes de mais nada, a parede que vai receber o papel precisa estar limpa. Utilize um pano úmido por toda a superfície, mas não o encharque d’água, pois pode comprometer a pintura já existente. 

2# Retirada da película e aplicação

Com paciência, retire cuidadosamente a película protetora que fica na parte de trás da estampa do papel. Uma boa dica para aplicar: remova uma pequena parte, colocar na parte de cima da parede e ir puxando a película cuidadosamente.

Para facilitar a sua vida, coloque fita crepe na parte de cima do papel. Assim você pode seguir colocando–o por toda a parede sem se preocupar em quem vai segurar – caso esteja sozinho.

3# Espátula

O uso da espátula é fundamental, pois ela é quem vai fazer com que as bolhas de ar que se formam atrás do papel no processo de aplicação saiam. Realize movimentos horizontais, do centro para os cantos. 

4# Acabamento

Em caso de paredes com tomadas, aplique o papel por cima. Nesta fase de acabamento, passe um estilete em volta e pronto. Após, passe um pano por toda a extensão da superfície.

 

Precisa de Ajuda?

  1. Preencha com seus dados abaixo que um consultor especialista irá entrar em contato com você para ajudá-lo gratuitamente!
  2. Nome(*)
    Please type your full name.
  3. E-mail(*)
    Invalid email address.
  4. Telefone(*)
    Please type your full name.
  5. Preencha com as letras ao lado(*)
    Preencha com as letras ao lado
    Preencha com as letras ao lado

Publicações Anteriores

« Dezembro 2018 »
Seg. Ter Qua Qui Sex Sáb. Dom
          1 2
3 4 5 6 7 8 9
10 11 12 13 14 15 16
17 18 19 20 21 22 23
24 25 26 27 28 29 30
31